Em medida cautelar que impede a União de bloquear recursos do Estado de Goiás, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, diz que, em seu pedido ao Supremo, o Estado de Goiás “pauta sua argumentação de mérito, essencialmente, na expectativa de adesão ao novo plano de recuperação fiscal inserto em projeto de lei complementar ainda pendente de deliberação ...