Quando o porto de Beirute explodiu, em agosto de 2020, o mundo todo se virou para a cidade e lamentou sua destruição. Depois, esqueceu-se daquele pobre lugar. No meio-tempo, porém, o Líbano tem vivido uma crise de proporções ainda maiores do que a explosão: a catástrofe de sua economia. O PIB (produto interno bruto) deve encolher 9,5% neste ano, segundo o Banco ...