O presidente Jair Bolsonaro lamentou a aprovação do texto-base da reforma da Previdência no Senado, mas disse que não havia outra escolha. "Eu lamento, tinha que aprovar, não tem como", disse na saída do Palácio da Alvorada, pela manhã. A proposta principal foi aprovada em primeiro turno pelos senadores na noite desta terça-feira, 1, por...