São Paulo - O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, surpreendeu ontem ao anunciar que vai convocar um referendo sobre a adoção das medidas anticrise aprovadas na quinta-feira passada pelos líderes da União Europeia.  A decisão é arriscada, uma vez que o pacote anticrise - no qual ficou acertado desconto de 50% da dívida pública grega - tem se ...
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários