Por conta das ocupações de escolas que são locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação (MEC) estuda adiar a aplicação do exame para os candidatos que fariam a prova nos espaços ocupados pelo movimento secundarista. A medida pode atingir cerca de 95 mil alunos - pouco mais de 1% dos 9,2 milhões inscritos - que, de acordo com...