(Foto: Reprodução / Instagram ollaoficial)

Marília Gomes

Striptease, lap dance, sexo com a luz acesa, lingeries ousadas. Para boa parte das mulheres, essas são coisas que causam mais pânico do que qualquer filme trash cheio de sangue e espíritos maus. Por que isso? Os motivos vão desde “eu tenho muita estria”, “tenho vergonha das minhas celulites”, “não tenho tempo pra malhar, sou toda molenga”, até a “minha barriga é enorme, tenho vergonha que ele me veja nua”.

E olha que ouço isso de mulheres que namoram há três anos e, claro, meu queixo cai. De duas uma: ou os parceiros dessas mulheres não estão mostrando que como elas são maravilhosas, exatamente da forma que são, ou elas estão paranóicas acima do nível normal. Então, o post de hoje não é como os anteriores. Hoje, quero apenas deixar claro que todas nós somos gostosas e sensuais, se soubermos disso.

Sem revista Playboy cheia de edições, sem fotos no Instagram repletas de Photoshop. Apenas nós, simplesmente como somos.  Com celulites, estrias, gordurinhas localizadas ou magreza excessiva. Todas somos lindas, gostosa e sexys. E muito mais que nossos companheiros, somos NÓS quem devemos saber disso. Porque nós somos!

Se seu parceiro te acha linda da forma que você é (e te mostra isso), parabéns! Você realmente tem alguém legal ao seu lado e isso é muito bom. Agora, se ele fica te pressionando para emagrecer ou engordar, fazer plástica ou academia, se ele exige que você se depile de forma X, que seu bumbum seja delineado de forma Y e que seu corpo seja modelado de um jeito Z... Eu lamento. Seu parceiro não gosta de mulher e sim de pornografia.

Não existe mulher milimetricamente perfeita, mesmo que o mundo da beleza excessiva queira mostrar isso. É só um monte de folhas de revista, fotos e Photoshop. Mulheres reais, que trabalham, estudam, têm família e tudo mais, são apenas MULHERES. Não somos máquinas de perfeição. Somos apenas perfeitas da forma que somos. E pronto! 

Se olhe no espelho. Se admire. Admire suas curvas. Pare de ver celulite onde não tem, pare de desenhar estrias onde não elas não existem. Aprecie. Vista uma lingerie sexy, dance uma música legal em frente ao espelho. Seja uma Nazaré Tedesco (aquela vilã da novela) e diga para você mesmo o quando é gostosa e sexy. Se cuide da forma que você conseguir e julgar melhor, seja com alimentação balanceada, academia ou só se exercitando em casa mesmo. Se aceite da forma que você é! Outra coisa: nunca se recuse a comer um chocolate hoje por medo de engordar amanhã. Não se recuse a tomar uma cervejinha com as amigas no fim de semana porque durante a semana você vai ficar louca achando que engordou o triplo. Pare de encanações.

Dance para seu companheiro. Mostre para ele que você é sexy da sua forma e faça ele se apaixonar mais ainda por você. Apaixone-se por você também. Aprenda a se sentir confortável como é. Pare de buscar uma perfeição que não existe. O importante é se sentir bem e quando isso acontecer, você vai ter a certeza de que é maravilhosa. Alta, baixa, gordinha, magrela, branca, negra, cabelo liso, cabelo crespo. SE AME! Primeiro se ame, para depois exigir que alguém te ame ou te ache sexy. Não cobre do seu parceiro uma coisa que você não acha. SE ACHE primeiro. Vai lá, pode se achar. Você é linda da sua forma. 

Vá comprar uma lingerie sexy e surpreenda com lap dance inesperado. Faça um striptease. Transforme suas imperfeições em perfeições. E como fazer isso? Só você pode descobrir. Garota, você é poderosa! Acredite nisso! Sua vida sexual, amorosa, profissional, social (ou seja, TUDO), vai melhorar absurdamente. Seu prazer, seu sorriso... Tudo será mais sincero.

Menos paranoias e mais orgasmos, por favor. Nós merecemos!

E você, homem: valorize sua garota. Ela geralmente já tem paranoias suficientes guardadas na cabeça. Não as aumente. Apenas a ame. Com suas gordurinhas, suas celulites, estrias e TPM. Ela é a SUA garota e isso já te torna um homem especial. Saiba que mulher é bem mais que um corpo e no dia que você descobrir isso, eu garanto que sentirá orgulho de exibir sua namorada gordinha, magrinha, “normalzinha”. Faça-a se sentir especial. Isso a fará feliz e, eu garanto, a você também!

Me contem depois o quanto isso funciona. ;) Muitos orgasmos e descobertas gostosas para vocês. Até a próxima semana! xxx. 

Acompanhe postagens anteriores do blog PARA MAIORES DE IDADE no site da LUDOVICA

Escolha seu assunto favorito.
E-mail registrado com sucesso!
A partir de agora você receberá seus assuntos preferidos por e-mail.
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários