O Equador enfrenta a maior onda de protestos no país dos últimos 12 anos. O clima de tensão é resultado das medidas econômicas adotadas pelo governo do presidente Lenín Moreno por orientação do Fundo Monetário Internacional (FMI), o que fez com que o líder transferisse a sede do governo de Quito para a cidade de Guayaquil. Além disso, o porta-voz da presidência afirmo...