O médico mineiro Alfredo Carlos Dias Mattos Junior, 47 anos, acusado de matar a ex-mulher Magda Maria Braga de Mattos, foi preso após participar como mediador de uma palestra sobre pena de morte ontem (18), em Rio Verde. Segundo o delegado Danilo Fabiano Carvalho, o crime teria acontecido há 16 anos em Nova Lima (MG), quando a mulher, também médica, pediu o divórcio e ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários